A “indústria da seca” persiste no NE

Seca e omissão

Fátima Vilanova

A situação da seca no Ceará, como nos demais estados do Nordeste, revela a omissão, o despreparo político dos governos. No estágio atual de desenvolvimento da tecnologia para o armazenamento e canalização de água, como construção de açudes, adutoras, barragens subterrâneas, perfuração de poços, reflorestamento para o restabelecimento do equilíbrio hidrológico, técnicas de irrigação, não se concebe ficar a mercê dos desígnios da natureza.

Ano após ano, a situação é a mesma, com os técnicos fazendo previsões sobre se haverá ou não inverno, passando os governantes a ideia para a população de que o problema está acima das possibilidades humanas de solução. O povo resignado olha para o céu e faz preces, abandonado que está pelo poder público com soluções definitivas de convivência com a estiagem.

Políticos omissos, incompetentes, inescrupulosos se utilizam secularmente do fenômeno da seca para manter cativo o eleitor dos grotões, socorrendo-os emergencialmente com os carros-pipas, até o próximo período sem chuvas. No intervalo entre um período de seca e um de chuva, os administradores nada fazem em termos de obras estruturantes para solucionar o problema.

A falta de chuva é providencial para boa parte dos políticos, que vê nela a oportunidade de decretar estado de calamidade pública e, assim, receber recursos federais, os quais serão gastos, dispensando-se as licitações, cometendo-se todo tipo ilicitudes, e até, realizando festas despropositadas, em meio à tragédia da sede, da fome, de perdas de plantações e rebanhos.

O desafio das Igrejas cristãs, de todas as pessoas de bem, como faziam os profetas, é de denunciar a omissão, a farsa que os governos sustentam de que seca não tem solução. O povo precisa acordar e combater a tragédia da omissão com o voto em candidatos a governador e prefeitos que tenham o compromisso com medidas estruturantes para a solução definitiva do problema da seca.

Artigo publicado no jornal O Povo, em 02/04/2013, p. 7.

Anúncios

Sobre Fátima Vilanova

Engenheira de Pesca, Doutora em Sociologia, ex-ouvidora da Universidade Estadual do Ceará (UECE), debatedora e comentarista de rádio e articulista de jornais. Palestrante sobre os seguintes temas: ouvidoria, gestão pública, política e cidadania
Esta entrada foi publicada em Seca. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s