Miséria é fruto de cegueira política

Miséria no Ceará
Fátima Vilanova

O Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece) acaba de lançar o Mapa da extrema pobreza, dando conta da existência de 1,5 milhão de cearenses vivendo com até R$2,33/dia, sendo 133.992 pessoas em Fortaleza.

Esta realidade de miséria é no País todo, revelando uma sociedade apartada, com poucos ganhando gordos salários e ainda reclamando, e sempre conseguindo sensibilizar os poderosos para a justeza de seus pleitos. Estes são os que mandam no Brasil, enquanto a maioria vive com salários aviltantes e na indigência.

Poucos são os convidados do banquete financiado com os impostos pagos por toda a população, incluindo os miseráveis. Nós pagamos ordeiramente, sem questionar, a conta dos salários, mordomias e privilégios dos que mandam, enquanto a miséria clama aos céus. Coisa de país atrasado, sem visão, sem direção!

Vivemos uma sociedade de castas econômicas, com a ganância de poucos definindo o valor do salário mínimo, o quanto ganha cada um dos poderes da República. Nesta conta, nunca há dinheiro para pagar um salário digno aos professores, que são os responsáveis por educar a elite dirigente do País, e propiciar as condições de combate eficaz à miséria, detectada no estudo do Ipece.

O problema da miséria no Brasil é de cegueira política. Enquanto a educação não for prioridade dos governos, com estudo em tempo integral, professores concursados, bem remunerados, com uma carreira atraente, escolas no mesmo padrão de construção das particulares, dispondo de boas bibliotecas, tudo será paliativo e não se combaterá nas raízes desta vergonha, que é a miséria.

Estamos saindo de uma eleição para prefeito, hora oportuna para cobrarmos dos que assumirão em 2013, a efetivação dos discursos da valorização da educação, em todos os municípios brasileiros. Não há mágica para acabar com o sofrimento de milhões de brasileiros que não têm nem o que comer. Precisamos de educação, qualificação para o trabalho, justiça salarial entre as categorias de trabalhadores.

mfatimavvilanova@gmail.com

Anúncios

Sobre Fátima Vilanova

Engenheira de Pesca, Doutora em Sociologia, ex-ouvidora da Universidade Estadual do Ceará (UECE), debatedora e comentarista de rádio e articulista de jornais. Palestrante sobre os seguintes temas: ouvidoria, gestão pública, política e cidadania
Esta entrada foi publicada em Miséria com as etiquetas . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s