Ralo da corrupção consome 80 bilhões ao ano

Arnaldo Jabor faz uma conclamação aos “brasileiros notáveis vivos” para que se levantem contra as alianças bandidas no Congresso Nacional. A tragédia social da corrupção, que surrupia 80 bilhões por ano dos cofres públicos (Revista Veja), tem que ter um paradeiro. Para tanto, urge que a lei da ficha limpa seja posta em prática, não só para os que se candidatam a cargos eletivos, mas para todos os ocupantes de funções públicas. O dinheiro da corrupção tem que ser rastreado, devolvido aos cofres da Nação, e os infratores banidos da vida pública. Não podemos mais conviver com caixa dois de campanha, que elege políticos sem legitimidade para defender os interesses da população. A nossa democracia tem que ser saneada, eliminando-se as ratazanas, no âmbito federal, nos estados e municípios. Um desafio e tanto para a sociedade e suas instituições (Fátima Vilanova).

Anúncios

Sobre Fátima Vilanova

Engenheira de Pesca, Doutora em Sociologia, ex-ouvidora da Universidade Estadual do Ceará (UECE), debatedora e comentarista de rádio e articulista de jornais. Palestrante sobre os seguintes temas: ouvidoria, gestão pública, política e cidadania
Esta entrada foi publicada em política com as etiquetas . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s